O Fim dos Tempos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O Fim dos Tempos

Mensagem por Vinicius_SG_RJ em Ter Abr 29, 2008 5:49 pm

O Fim dos Tempos


O Fim dos Tempos

Texto: Mat. 24:1-14; Dan. 9: 20-27; 12: 7


Introdução: O profeta Daniel e posteriormente Jesus, descreveram os sinais dos últimos dias da história humana. Jesus descreveu estes dias como princípio das dores de parto (Mt. 24:8 ). Reflitamos nestas palavras, para cuidarmos de estar fiéis até a morte.

1) – Tempos de falsos cristos, falsos profetas, impostores e enganadores (4, 5, 11).
Religiões que pregam heresias tem surgido em todos os lugares, pessoas que se dizem ser o Cristo, inclusive aqui no Brasil, pessoas que profetizam visando unicamente usufruir benefícios pessoais, que enganam, dividem as igrejas causam tristezas e angústias (Mt. 7:15-23; II Jo. 7-11; Jd. 14-25).

2) – Tempos de guerras e rumores de guerras (6,7).
Durante os cem anos do século vinte o mundo teve somente três dias sem nenhum conflito armado. Vivemos a ameaça de guerra entre EUA e Iraque, entre árabes e Israel por causa da Palestina, guerras tribais na África e Afeganistão, Índia e Paquistão por causa da Caxemira, Guerrilha na Colômbia, conflito religioso na Irlanda entre católicos e protestantes.

3) – Tempos de pestes – ebola, aids, dengue, cólera, malária, gripes e outras. Lc. 21:11
- “E haverá em vários lugares, grandes terremotos, e fomes, e pestilências; haverá também coisas espantosas e grandes sinais no céu”.

4) – Tempos de fome (7).
Gasta-se mais com cães e gatos do que com pessoas necessitadas. As periferias das cidades são a imagem da miséria humana. O nordeste brasileiro é constantemente assolado pela fome. Na África uma grande parte da população está subnutrida.

5) – Tempos de terremotos em vários lugares (7).
Durante o século vinte aconteceram mais terremotos do que em todos os séculos anteriores.

6) – Tempos de torturas, tribulações e martírios, onde muitos abandonarão ao Senhor Jesus.
O evangelho tem sido perseguido através de leis injustas como a lei do silêncio em Vitória. Nos países muçulmanos os cristãos são perseguidos e mortos. As muitas tribulações, as lutas pela sobrevivência têm levado os mais fracos a abandonarem o evangelho da salvação.

7) – Tempos de escândalos, traições e ódios (10).
Escândalos de corrupção nos governos, igrejas, empresas. Nas famílias vemos traições, divisões, ódios, porfias. Contendas entre os povos, disputas comerciais, por terras, por princípios religiosos. Ódio e disputas entre tráfico de drogas nas favelas e nos presídios.

8 ) - Tempos de escárnio e iniqüidade e forte desamor, conseqüentemente, o amor a Deus diminui e aumenta a violência e a criminalidade (12).
O quadro de violência descrita nos jornais é tão grande que já não traz impacto aos leitores. Falta amor na família, na igreja e entre os povos.

9)– Tempo de pregar o evangelho do Reino por todo mundo (14).
Temos a responsabilidade de pregar o evangelho da Salvação no Brasil e em todo o mundo (Mt. 28:19-20).


Conclusão: O quadro descrito acima, através de uma Palavra Profética proferida por Jesus a quase dois mil anos atrás, retrata a época que estamos vivendo. Creio que fazemos parte da última geração antes do arrebatamento da igreja. É tempo de vigilância e perseverança. O Reino de Deus é tomado através do esforço. É necessário empenho, perseverança, não olhar para trás como a mulher de Ló e confiar inteiramente na Palavra de Deus para que tenhamos força e direcionamento para perseverarmos até o fim (Mt. 24:13).
avatar
Vinicius_SG_RJ
Admin
Admin

Masculino
Número de Mensagens : 232
Idade : 27
Localização : São Gonçalo/Rio de Janeiro
Data de inscrição : 29/04/2008

Ver perfil do usuário http://forumevangelico2.forumeiros.com/index.htm

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Fim dos Tempos

Mensagem por Mack em Seg Dez 27, 2010 11:03 am

ERRADO!

É CHEGADA A ULTIMA HORA

Fim do mundo em 2012. A ultima trombeta esta a tocar. É chegado o armagedom. O anti Cristo já se levantou, etc. É o que mais se ouve hoje em dia.
O próprio texto de abertura de um blog na net mostrava que a ultima hora já era presente no primeiro século (1João 2:18). O proprietário do blog estava vinte séculos atrasado, usando este texto para dar consistência a sua crença de que a ultima hora chegou agora.
Essa mania de fazer sensacionalismo as coisas relacionadas ao fim é sempre próprio de quem não tem entendimento do propósito divino. De quem não conhece a palavra, e que por assim dizer, não consegue encaixar as profecias a seu próprio tempo e ainda ensina o que não aprendeu.
Jesus disse que vem como o ladrão; e se é como ladrão é porque ele vem de surpresa. E se a coisa é surpresa fica evidente que não pode haver sinais que antecipem esse dia. De outra forma, os ladrões mandariam email avisando quando assaltar a casa. Nestes dias, em tempos de natal, eu fico sabendo quem é o meu amigo secreto e o que ele vai me dar de presente: Sem o elemento surpresa a expectativa da festa morre. Logo, é a surpresa e não o conhecimento do dia da vinda de Cristo que induz ao preparo para aquele dia.
Agora, surgem os fanáticos religiosos dizendo que os sinais da vinda de Jesus estão indicando a proximidade da volta dele e do fim do mundo. Então, o que dizer dos tempos em que matava se os crentes em Jesus? Quando entravam nas casas deles dizimando suas famílias? Quando o padrão moral da fé cristã criou uma guerra na sociedade do primeiro século, provocando perseguição aos cristãos. Não adianta dizer que hoje o pecado esta maior do que antes, porque naqueles dias era muito pior. O cristianismo melhorou em muito o entendimento da humanidade. Hoje, o homem é mais racional e existem leis e direitos humanos; coisa que naqueles tempos sequer se cogitava. Evidentemente que o pecado se alastrou no mundo, mas, porque a demanda de pecadores aumentou. Super população de pecadores. O que ocorre é que o pecado ficou moderno e inovador com requintes de pecaminosidade acompanhando o progresso da raça humana. Pois, quanto mais o homem evolui, tanto mais ele regride no pecado. Antes, pecava se por falta de entendimento e por rudimentalismo; hoje, peca se por excesso de conhecimento e pelo avanço da ciência. A tecnologia a serviço do pecado.
A volta de Jesus e o fim eram iminentes desde que ele subiu ao céu; e a cada dia que passa fica mais iminente.
Os sinais dados por Jesus em Mt 24 foram específicos aos judeus e apontavam para a destruição de Jerusalém que se deu no ano 70 depois dele, e não para o fim de todas as coisas.
Jesus não deixou nenhum sinal da sua vinda justamente porque sabe que os homens gostam de deixar tudo pra ultima hora. Mas, esse dia pode ser antes do que imaginamos. Pode ser a qualquer momento; por isso a necessidade de se preparar e crer no filho de Deus obedecendo a palavra dele: Sem ultrapassar a doutrina de Cristo, como muitos têm feito.
Não caia nessa de ultima hora do fim! O momento para se aproximar de Deus e receber de Jesus a salvação é agora. Nesse sentido, a ultima hora chegou desde o primeiro século, quando Jesus partiu para o céu a fim de sentar a destra do Pai. Ultima hora que já remonta dois mil anos! O fator tempo de Deus determina que essa ultima hora é até um espaço de tempo curto, e que também é conhecido no NT como os últimos dias. Mas, que últimos dias e que ultima hora é essa que já levam de nós mais de dois mil anos? Teria Jesus esquecido da sua promessa de vinda? Pois, ele mesmo disse : “Eis que venho sem demora” ( Ap 3:11). Pedro fornece a resposta: Há, todavia, uma coisa, amados, que não deveis esquecer: que, para o Senhor, um dia é como mil anos, e mil anos, como um dia (2Pedro 3:Cool. Parece redundância, mas não é. O autor do livro aqui usa a metonímia como figura sinédoque para mostrar que o tempo não tarda nem se abrevia; mas, que é o relógio de Deus que está determinando o tempo transcorrido desde que Jesus se foi. Ora! Um Deus eterno se utiliza de marcador do tempo também eterno. Se em nosso relógio vinte séculos se passaram, para Ele pode significar apenas um estalar de dedos, já que o Senhor é eterno. O Eu Sou; conforme Ele anunciou a Moisés e Jesus também afirmou de si mesmo indicando que Ele e o Pai são eternos. E nós o que somos? Somos mortais que dependem da rotação dos astros criados por Deus para determinar o nosso tempo. E se somos mortais, não devemos desperdiçar o tempo que dispomos: Isso porque o pecado nos alienou de Deus e levou de nós a capacidade de enxergar o futuro eterno. Ninguém tem esse poder de visionar por antecipação as coisas relacionadas ao futuro. Coisas que pertencem a própria autoridade de Deus (Mt 24:36; Mc 13:32; At 1:7). Significa que não podemos dar conta do próximo minuto de nossas vidas. Vidas passageiras e morte iminente são a nossa verdadeira condição.
Então, o que podemos fazer diante dessa condição nefasta? Justamente o contrario do que se tem feito. Devemos esquecer o tempo, as previsões futuristas, os agouros, os sinais disso ou daquilo e manter os nossos olhos fixos em Jesus. E foi Ele mesmo quem disse para vivermos um dia de cada vez. Sim, porque somente ele tem a capacidade de nos salvar neste exato momento do tempo livrando-nos de qualquer predisposição que este possa impor a nós. Quem tem a sua fé fundamentada nas palavras de Jesus, vive em segurança, em fidelidade, sem medo do futuro, da morte e do inferno. O tempo e os sinais do tempo não significam nada para aquele que em Cristo Jesus venceu os medos relacionados a esta vida e também do destino vindouro.
Então! Quanto tempo dispomos para ter em Jesus o nosso salvador?
avatar
Mack

Número de Mensagens : 16
Data de inscrição : 07/12/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum