Procuro, mas não te encontro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Procuro, mas não te encontro

Mensagem por Sincero em Qui Dez 15, 2011 12:37 pm

Inspirei-me nas tuas palavras
Troquei suspiros em vez de sons
Olhei-te no lugar da alma, contemplo ainda
Tua formusura incomparável.

Trouxeste-me esperança ao lugar de abandono
Olho-te, olho-te... com toda a atenção
E contemplo as tuas mãos,

és Linda, oh filha do Rei!
Que outra será como tu?
Tua beleza é muito mais digna
Que a que do mundo se pode extraír

Linda!... Linda... Linda!
Encantado estou pelos teus olhos, que não vi
Pelas tuas doces palavras, que são odes da Sabedoria,
Pela tua expressão de jovialidade bem disposta,
Que das perseguições faz uma aventura excitante.


Sempre, sempre linda... conquistaste-me pelo teu jeito, tua forma, teu porte elegante, tua cintura que jogas com a mais bela das movimentações, fronte aos desdizeres dos hipócritas!

Eu?... calo-me. Fico a observar-te. Atentamente. A ver se aprendo contigo, oh majestosa!
Trago no meu peito a paixão, um fogo que não quero deixar exterminar.

Espero-te em cada minuto, a cada momento... preciso de tua atenção, oh rainha de meu coração!
Nenhuma ha´que eu haja admirado como a ti, oh sábia, mulher de Sião.

II

Que é feito de ti, princesa?
Onde estas, que não te diviso?
Meu coração sonhou... e agora está triste, porque te não vejo e não te contemplo!...

Minha mente... não te esquece. Eu digo:
Está perdido; eu a perdi, Ó SENHOR, meu DEUS!
Onde será que te falhei, ó pedra preciosa .... será que te perdi, antes de te conhecer?

Meu coração pula de ansioso. Estou sofrendo
E confuso.
Será que eu fiz algo que não gostasses?

Dize-ó gentil, linda e pura e reta e santa, Filha do meu DEUS.
Te peço, por favor, diz, que é que te fiz?..
não gostas de mim? afastas-te...
...é isso?


Eu sei que devo aceitar resignado, mas ao menos deixa -me ser claro e confessar-te... minha paixão.
Fugiste aos sinais?... mas eu ainda assim preciso ao menos dizer-te, uma vez, só que seja: te amo. E não há outra como tu, ó inteligente, nobre serva do Senhor.



Desculpa se te causei transtorno... eu ... sei que não te mereço...
Ah ... há tanto que esperei por alguém a quem dar meu sentimento---- e eras tu! eras tu
Linda... Linda, tão majestosamente bela!!! A tua luz tão brilhante faz-me chorar.
Mas de tanta beleza... que nem consigo olhar de frente.

Ah--- miserável homem que eu sou! Quem dera poder dar-te joias,
Dar-te o melhor do mundo, escolhido a dedo.... mas... ah, Senhor, sou nada!
E por te amar... eu me resigno em perder-te, pois também nada tenho, para te oferecer.

(Leva o meu coração. Ele não me pertence.)

GOD bless u my princess.

Sincero

Número de Mensagens : 8
Data de inscrição : 30/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum