A oração como arma de guerra.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A oração como arma de guerra.

Mensagem por Pr Marcos em Qui Fev 25, 2010 2:15 pm

“ Peçam e lhes será dado; busquem e encontrarão; batam e a porta lhes será aberta. Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta”. ( Mateus 7;7,8 ).

Estas foram as palavras de Jesus aos seus discípulos numa das ocasiões em que Ele lhes ensinou acerca da oração. Todo discípulo de Jesus precisa ter o desejo de aprender a orar e, mais do que isso, precisa aprender a usar a oração como uma poderosa ferramenta do seu ministério. Na guerra de conquista em que estamos inseridos, não lutamos contra pessoas ( Efésios 6 :12 ), por isso as nossas armas não são físicas, mas espirituais ( II Co 10:3,4 ). A oração é a mais poderosa arma espiritual que Deus nos deixou.

Orar é relacionar-se com o Pai
Na continuação do texto de Mateus, Jesus afirma que o nosso Pai que está nos céus dá boas coisas aos que lhe pedirem. Ou seja, quando oramos, temos a possibilidade de nos relacionar com Deus num nível de Pai e filhos. Isso é maravilhoso!!
Há pessoas que, por não terem tido bons pais, transferem pra figura de Deu a imagem do pai terreno que tiveram. Mas, não importa se o seu pai não correspondeu às suas expectativas. Deus é um Pai perfeito, amoroso e fiel. Através da oração você pode falar livremente com Ele.
Porém, a Bíblia também afirma que nem todos têm o privilégio de chamarem Deus de Pai. É preciso tornar-se filho de Deus. ( João 1:12 ). Não adianta querer ter em Deus um Pai se você não quiser tornar-se filho. A condição de filho de Deus não é alcançada automaticamente por todos, mas só por aqueles que recebem a Jesus. Se você já recebeu a Jesus, você é filho e tem todos o privilégio de orar ao seu Pai.

Orar é pedir, buscar e bater
Quando oramos, podemos lançar diante de Deus todas as nossas ansiedades. È isso que o apóstolo Paulo nos ensina em Filipenses 4: 6 “ Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus.”
Jesus disse que poderíamos não só pedir, mas também buscar e bater. Isso nos ensina que, por vezes, teremos que perseverar em oração até que a resposta chegue. Há bênçãos que vamos receber, se não desistirmos de orar.
Você pode receber cura para a ansiedade, que é uma terrível enfermidade de alma, simplesmente orando e entregando suas preocupações Àquele que tudo pode.

É preciso aprender a pedir
“ Não têm, porque não pedem. Quando pedem, não recebem, pois pedem por motivos errados, para gastar em seus prazeres”. ( Tiago 4:3 ). Essa afirmação da epístola de Tiago explica por que muitas das nossas orações não são respondidas. Deus, como um Pai responsável sabe que há pedidos que os filhos não podem receber porque lhes faria mais mal do que bem.
Assim é que quando oramos precisamos estar “antenados” com a vontade do Pai. É preciso ter discernimento espiritual para orar corretamente. Só através do Espírito Santo temos esse discernimento.
Quando você for orar, não se esqueça de pedir sabedoria ao Espírito Santo para orar convenientemente. Não se esqueça também de incluir algo que o próprio Jesus nos ensinou na oração modelo do Pai Nosso: “ seja feita a tua vontade assim na Terra como no céu. “
Nem sempre a vontade de Deus é a nossa vontade. Precisamos aprender a pedir e a nos submeter à vontade do Pai.

Deus atende aos pedidos dos seus guerreiros
Em Josué 10:12-14, lemos uma das mais incríveis histórias bíblicas. Josué estava no meio de uma guerra contra os amorreus. Ele ousou pedir a Deus algo inusitado: “Senhor, faça o sol e a lua pararem, enquanto guerreamos”. O mais incrível não foi a ousadia de Josué, mas o fato de que DEUS RESPONDEU e fez o que ele pediu.
Quando estamos inseridos nas guerras do Senhor, quando o nosso coração está nas coisas do reino, quando nossas prioridades são as prioridades de Deus, Ele nos respalda de maneira sobrenatural.
Coisas impossíveis são alcançadas através da oração de líderes fiéis e ousados como Josué. A oração move o braço de Deus, mas Ele não tem interesse em fazer milagres nas vidas daqueles que não querem servi-lo de todo o coração.
Há pessoas que não querem envolvimento com o reino, não querem compromisso com Deus, não querem se desgastar na conquista das vidas, mas querem que Deus atenda às suas orações. Josué tinha legalidade pra pedir, porque ele estava totalmente envolvido na conquista dos territórios para o Senhor. O mesmo acontecerá com você!
Envolva-se na obra de Deus, e Ele terá toda a disposição de lhe respaldar.
Ensine os seus discípulos a orar, como Jesus fez com os dEle. Discípulo que não ora não progride, não conquista. Ensine-os a lançarem suas ansiedades pra Deus e a esperarem nEle. Ensine-os a pedirem ajuda para o Espírito Santo nas suas orações. Leve-os a entender que se eles envolverem nas conquistas do Reino, o Pai os respaldará.

Pr Marcos
Moderadores
Moderadores

Masculino
Número de Mensagens: 124
Idade: 42
Localização: São Paulo - SP
Emprego/lazer: Técnico em Informática
Data de inscrição: 30/08/2009

Ver perfil do usuário http://prmarcosjustino.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum