Alguém conhece a TEORIA DOS 7 REIS???

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Alguém conhece a TEORIA DOS 7 REIS???

Mensagem por Vinicius_SG_RJ em Qua Maio 21, 2008 11:34 pm

Gostaria de Saber a opinião de vocês sobre esta teoria, se ela estiver certa em outubro teremos a ressureição de João Paulo II, pelo menos é o que diz algumas linhas teológicas, como por exemplo os Adventistas do 7º dia.

No dia 02 de abril de 2005, morreu o papa João Paulo II. E, ao contrário do que muitos imaginam, não morreu com ele a Teoria Contemporânea dos Sete Reis do irmão Alceu. O autor acreditava que, com a morte de João Paulo a teoria falharia. O que, de fato, pode não ter ocorrido.

Cremos que o irmão deixou de lado um detalhe importante na profecia. Este detalhe passou despercebido aos seus olhos. Nosso estudo é justamente sobre esse detalhe “esquecido” na exposição do assunto.

Desejamos nos posicionar da mesma forma que o irmão Alceu. Este estudo é um “protótipo” um esboço, o início de uma pesquisa sobre os acontecimentos que estão descritos em Apocalipse 17. Portanto, deve ser considerada uma teoria, podendo falhar em todos ou em alguns aspectos de sua exposição. Solicitamos do leitor, paciência e espírito cristão ao tratar do assunto e das nossas idéias expostas aqui.

Deus, nosso professor, nos conduza na missão de descobrir os “segredos do reino dos Céus”.

Partiremos da idéia que os irmãos já estudaram profundamente o assunto abordado pelo irmão Alceu. Nosso estudo será baseado no verso 8 de Apocalipse 17. O detalhe importantíssimo sobre a besta (8º rei) se encontra neste verso.

“E aqueles que habitam sobre a terra, cujos nomes não foram escritos no Livro da Vida desde a fundação do mundo, se admirarão, vendo a besta que era e não é, mas aparecerá”. Apocalipse. 17:8.

1. TODA A TERRA SE MARAVILHARÁ VENDO A BESTA

Este ponto é de grande importância para a compreensão de nosso estudo. A Bíblia diz que todos aqueles que não foram escritos no livro da vida se “admirarão” ao ver a besta. Porque isso acontece? Isso denota que ocorre algo extraordinário com a besta; algo verdadeiramente incomum para provocar semelhante reação por todo o mundo. Perceba também que esta admiração ocorre no tempo futuro; ou seja, as pessoas antes viam a besta mas não se “admiravam”. Esta admiração só acontece após a besta “subir do abismo”. No verso 11 do mesmo capítulo é dito que “a besta, que era e não é, também é ele, o oitavo rei, e procede dos sete, e caminha para a destruição”.

Tomemos por um breve momento “emprestado” a idéia do irmão Alceu neste ponto. Sabiamente ele faz o comparativo entre o verso 8 e o verso 9. Desejamos fazer o mesmo, apenas focalizando sobre outro prisma:

Apocalipse 17:8
Apocalipse 17:11

“A besta que viste, era e não é, está para emergir do abismo e caminha para a destruição”.
“a besta, que era e não é, também é ele, o oitavo rei, e procede dos sete, e caminha para a destruição”.


O texto Bíblico afirma que “a besta que era, não é”, “também” é o oitavo rei. A palavra “também” é usada aqui com o mesmo propósito que foi mencionada no verso 9: “As sete cabeças são sete montes, nos quais a mulher está sentada. São também sete reis”. Dar uma resposta dupla. Um cumprimento duplo à profecia: As Sete cabeças como sete montes significando as sete colinas de Roma; e as sete cabeças como reis para identificar os papas que são reis. Vejamos, então, qual o significado que a palavra “também” nos transmite no verso 11.

A Besta é apresentada inicialmente no verso 3 do capítulo 17: “Transportou-me o anjo, em espírito, a um deserto e vi uma mulher montada numa besta escarlate, besta repleta de nomes de blasfêmia, com sete cabeças e dez chifres”.

A Besta possui “sete cabeças”. Como vimos no verso 9, as cabeças são “sete reis”. E no verso 11, é dito que uma das “cabeças” (o sexto rei, que é o oitavo que retorna, pois faz parte do grupo dos sete) é TAMBÉM a própria besta. Como vemos, existe um cumprimento duplo: A besta que tem as cabeças (o Papado) e a cabeça como a própria besta (um papa).

Resumindo: A Besta = Oitavo Rei = Sexto Rei que retorna.

Esta é uma afirmação importante que nos auxiliará na compreensão do assunto. O segundo ponto é o tempo do verbo empregado: A besta...“também É”. O tempo do verbo (presente) indica que ela “existe”. Quando a besta É (se torna) o oitavo rei? Exatamente quando ela “surge do abismo”. Ela recupera seu poder e passa a reinar novamente (volta a existir de novo) (Veja Apoc.17:12).

A BESTA

ERA
NÃO É
EXISTE NOVAMENTE
(Existia)
(Não Existe)
SURGE DO ABISMO

É O OITAVO REI

Perceba que no verso 10 é dito que o sexto rei “existe” e no verso 11 é dito que “não é” (não existe). Isto ocorre por que o anjo desenrola a profecia progressivamente. Ele (a besta, o oitavo rei que é o “sexto” que retorna) literalmente era (estava vivo), não é (está morto) e será (surgirá do abismo).

A BESTA

ERA (Existia)
NÃO É (Não Existe)
SURGIRÁ DO ABISMO

Estava Vivo
Está Morta
“Ressurgirá”


Toda a terra se admira ao ver a besta

TAMBÉM o oitavo Rei


2. ESTÁ PARA SURGIR DO ABISMO

Como explicou o irmão, Deus não coloca uma palavra por acaso na profecia. Quando Ele o faz, deseja transmitir uma mensagem especial para os seus servos. Notem que o texto diz que a besta (o oitavo rei) “está para emergir do abismo”. Este é nosso ponto de partida. O que Deus queria transmitir ao afirmar por meio do anjo que a besta estava para “emergir” do abismo?

A palavra grega para abismo é “abussos”. Esta palavra se encontra de forma extraordinária em Romanos 10:7: “Ou: Quem descerá ao abismo (abussos)?, isto é, para levantar Cristo dentre os mortos.”

Perceba que em Romanos o abismo é a sepultura (o hades), onde Cristo foi sepultado. Logo, abismo tem uma intima relação com morte e sepultura. A palavra sepultura, como sabemos é a tradução do termo grego “hades”. No antigo Testamento a sepultura é o “sheol”, e foi traduzida também como abismo. Veja:

“Ainda que desçam ao mais profundo abismo (Sheol), a minha mão os tirará de lá; se subirem ao céu, de lá os farei descer.” Amós 9:2

“Se subo aos céus, lá estás; se faço a minha cama no mais profundo abismo (Sheol), lá estás também;” Salmos 139:8

Um segundo ponto importante para a compreensão do que seja “abismo” em apocalipse 17:8 é a relação do abismo com a destruição. Pois a passagem diz: “A besta que viste, era e não é, está para emergir do abismo e caminha para a destruição”. Em Apocalipse 9:11 diz que o nome do “anjo do abismo é abadom (hebraico) a apolion (grego). No antigo testamento ocorre também o mesmo. Veja:

a) “O Sheol and Abadom estão abertos diante do Senhor, quanto mais os corações dos homens!” (Provérbios 15:11 RSV)

b) “O Sheol e o Abadom jamais ficam satisfeitos, e os olhos do homem jamais se satisfazem.” (Provérbios 27:20 RSV)

Revela a estreita relação entre o abismo e destruição.

3. SINAIS E PRODÍGIOS
O mundo se espanta com o incomum. Hoje, mais do nunca, está em vigor o ditado “é preciso ver para crer”. O extraordinário está por toda parte. Os filmes, programas de televisão, falam sobre o incomum, o incrível. Tudo parece tão real! É quase impossível distinguir a ficção da realidade. O mundo está maduro para o grande engano. As religiões em demonstrações extraordinárias de curas milagrosas, o espiritismo por todo lugar. O mundo está maduro para o grande engano!

Foi dito a respeito de João Batista: “Realmente, João não fez nenhum sinal, porém tudo quanto disse a respeito deste era verdade” João 10:41. Porque a maioria das pessoas não acreditou nele? Ele não fez nenhum sinal extraordinário. As pessoas estão pouco interessadas em saber se isto ou aquilo é verdade. O mundo está interessado em sinais!!! Certa vez perguntaram a Jesus: “Que sinal fazes para que o vejamos e creiamos em ti? Quais são os teus feitos?” (João 6:30). Aqui está a grande vantagem de Satanás! A mulher foi enganada através dos olhos (veja Gên. 3:6). Milhões serão enganados da mesma forma.

O povo de Israel por séculos presenciou os grandes atos de Deus. A abertura do mar e do Rio Jordão, a queda das muralhas de Jericó, a água que saía da rocha, entre muitos outros. A este respeito falou o Senhor a Moisés e a todo o povo: “Tendes visto tudo quanto o SENHOR fez na terra do Egito, perante vós, a Faraó, e a todos os seus servos, e a toda a sua terra; as grandes provas que os vossos olhos viram, os sinais e grandes maravilhas” Deut. 29:2, 3.

O povo acostumou-se a basear sua fé apenas se presenciasse algum sinal miraculoso. Seus corações tornaram-se cada vez mais endurecidos. Isto chegou a tal ponto que Jesus afirmou: “Se, porventura, não virdes sinais e prodígios, de modo nenhum crereis.” João 4:48. O diabo sabe disso! E tem se aproveitado deste fato.

Neste ponto, Satanás realizará uma obra “maravilhosa” diante dos olhos de todo o mundo. Cristãos e não cristãos foram preparados para o recebimento deste espantoso engano. Como diz o Apóstolo Paulo:

“Ora, o aparecimento do iníquo é segundo a eficácia de Satanás, com todo poder, e sinais, e prodígios da mentira, e com todo engano de injustiça aos que perecem, porque não acolheram o amor da verdade para serem salvos. É por este motivo, pois, que Deus lhes manda a operação do erro, para darem crédito à mentira, a fim de serem julgados todos quantos não deram crédito à verdade; antes, pelo contrário, deleitaram-se com a injustiça.” (2 Ts 2:9-12 RA).

Esta é uma espantosa profecia que se encaixa com perfeição em Apocalipse 17:8! O que acontecerá então? Como vimos, Abismo se relaciona com sepultura. O que percebemos claramente é que ocorrerá uma falsa ressurreição. Satanás usará um de seus anjos que personificará o próprio João Paulo II. Como diz a Escritura:

“E não é de admirar, porque o próprio Satanás se transforma em anjo de luz. Não é muito, pois, que os seus próprios ministros se transformem em ministros de justiça; e o fim deles será conforme as suas obras”. II Cor. 11:14, 15.

Precisamente no momento que o suposto João Paulo II surgir da sepultura, o mundo inteiro (aqueles que não foram escritos no Livro da Vida) se maravilhará ao ver “João Paulo” vivo diante dos seus olhos. Esta é uma grande possibilidade! Esteja preparado para ela! Muitos milagres serão atribuídos ao Poder de João Paulo ele será literalmente adorado (Apoc. 13:Cool.

Convém lembrar um fato ocorrido na Bíblia que traz mais certeza a esta possibilidade; um demônio personificar João Paulo. Este acontecimento é bastante conhecido de todos. Se encontra no livro de 1 Samuel, capítulo 28.

11 Então, lhe disse a mulher: Quem te farei subir? Respondeu ele: Faze-me subir Samuel.

12 Vendo a mulher a Samuel, gritou em alta voz; e a mulher disse a Saul: Por que me enganaste? Pois tu mesmo és Saul.

13 Respondeu-lhe o rei: Não temas; que vês? Então, a mulher respondeu a Saul: Vejo um deus que sobe da terra.

14 Perguntou ele: Como é a sua figura? Respondeu ela: Vem subindo um ancião e está envolto numa capa. Entendendo Saul que era Samuel, inclinou-se com o rosto em terra e se prostrou.

15 Samuel disse a Saul: Por que me inquietaste, fazendo-me subir? Então, disse Saul: Mui angustiado estou, porque os filisteus guerreiam contra mim, e Deus se desviou de mim e já não me responde, nem pelo ministério dos profetas, nem por sonhos; por isso, te chamei para que me reveles o que devo fazer.

16 Então, disse Samuel: Por que, pois, a mim me perguntas, visto que o SENHOR te desamparou e se fez teu inimigo?

17 Porque o SENHOR fez para contigo como, por meu intermédio, ele te dissera; tirou o reino da tua mão e o deu ao teu companheiro Davi.

Veja que o ser que se apresentou a Saul, tinha a voz de Samuel, a forma de Samuel, o jeito de Samuel, até profetizou como Samuel! Mas era um demônio! Veja o que comenta Ellen White sobre os acontecimentos dos últimos dias:

“Agentes satânicos sob forma humana tomarão parte neste último grande conflito, para opor-se à edificação do reino de Deus. Anjos celestiais em aparência humana também estarão no campo de ação. Os dois partidos antagônicos prosseguirão existindo até o encerramento do último grande capítulo da história deste mundo”. Review and Herald, 5 de agosto de 1909. Citado em A Verdade sobre os Anjos, p. 266.

“Satanás utilizará cada oportunidade para induzir os homens a apartar-se de seu concerto com Deus. Ele e os anjos que com ele caíram aparecerão na Terra como homens, procurando enganar. Os anjos de Deus igualmente aparecerão como homens, e farão uso de todos os meios em seu poder para derrotar os propósitos do inimigo. Temos uma parte a desempenhar”. Manuscript Releases, vol. 8, pág. 399. Idem.

Dentre os grandes sinais e prodígios de mentira, que são uma simulação dos grandes milagres realizados por Deus, o maior e mais bem sucedido será uma falsa ressurreição do “homem” mais venerado na atualidade e respeitado por quase todos os religiosos do mundo! Satanás se transformará no Jesus para os cristãos, no Messias para os Judeus, no Maitréia da Nova Era. Um de seus anjos (ministros de justiça) transformar-se-á em Maria a Mãe do menino Jesus (para os Católicos) a Rainha dos Céus (para os religiosos orientais), Hindus, budistas e adeptos de outras religiões verão nessa “gloriosa” mulher a “Deusa Mãe” e prostar-se-ão aos seus pés para adorá-la

Este é o esboço de nosso estudo. Como dissemos no início podemos estar errados em um ou todos os aspectos; mas cremos que esteja em acordo com os acontecimentos proféticos. Solicitamos que aqueles que discordarem de nossa posição nos envie um e-mail, a fim de que possamos analisar outros posicionamentos a respeito do assunto.

Fonte: http://tempodofim3.tripod.com/SinaisSeteReis.htm

_________________
Todos os Membros Leiam esse Topico: Novas Regras do Fórum > http://forumevangelico2.forumeiros.com/regras-e-novidades-f1/regras-importantes-t206.htm
avatar
Vinicius_SG_RJ
Admin
Admin

Masculino
Número de Mensagens : 232
Idade : 27
Localização : São Gonçalo/Rio de Janeiro
Data de inscrição : 29/04/2008

Ver perfil do usuário http://forumevangelico2.forumeiros.com/index.htm

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alguém conhece a TEORIA DOS 7 REIS???

Mensagem por Jefté em Dom Jan 23, 2011 11:09 pm

Olá irmão Vinicius

Tudo bem?!
Sou Jefté
Prazer em poder dialogar e compartilhar da fé com os irmãos!

Bom, sobre os 7 reis de Apocalipse 17:
Creio que cada rei deles representam isso:

"Estes grandes animais, que são quatro, são quatro reis, que se levantarão da terra." (Dan. 7:17)

Ou seja, cada rei dessa profecia representa (não um rei em si) mas um império mundial.
Segundo a Bíblia, no mundo houve 7 impérios mundiais; e a Bíblia relata-os todos.
1 - O primeiro império foi o Egito na época de José e dos filhos de Israel quando lá foram escravos.
2 - O Segundo império foi o Assírio. (II Reis 19:11 - II Reis 19:17 - Is. 37:26-33)
3 - Depois veio Babilônia (época de Daniel na deportação).
4 - Medos e Persas (Reconstrução de Jerusalém).
5 - Gregos (Alexandre o grande e a difusão da língua e cultura grega - o mundo assimilou bem o grego - isso foi um preparo p/ receber o evangelho).
6 - Roma (na época de Cristo até a Reforma).
7 - E hoje, estamos vivendo na época dos pés de ferro e barro da estátua - comunismo e capitalismo.

Portanto, quando João escreve em Apocalipse na época de Roma, que 5 reis já haviam caído, isso ele falava dos 5 impérios mundiais que se levantaram e caíram.
E ele estava vivendo no que vigorava, Roma.
O que ainda não era vindo era justamente os pés da estátua de Daniel 2.
E é justamente nos dias desses reis dos pés da estátua que é dito:
"Mas, nos dias desses reis, o Deus do céu levantará um reino que não será jamais destruído; e este reino não passará a outro povo; esmiuçará e consumirá todos esses reinos, mas ele mesmo subsistirá para sempre." (Dan. 2:44)

E é desse 7º rei (império) que se levantará o anticristo que é também o oitavo rei (ou império).
O qual nos seus dias, todo o poder lhe será dado por 42 meses. (Aapc. 13:5)
E terá poder sobre todas as nações e línguas e tribos. (Apc. 13:7)
Assim creio!

Paz!

Jefté

Jefté

Número de Mensagens : 1
Data de inscrição : 23/01/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum